sexta-feira, 12 de maio de 2017

Como Calcular o Preço de Seu Artesanato

calculo_custos-06Definir o preço do artesanato é uma das tarefas mais intimidantes e que causam dor de cabeça  para aqueles que fazem artesanato e desejam utilizar a sua arte não só como hobby mas também como fonte de renda.

O principal dilema do preço é como definir o preço justo. E esse senso de justiça trazido pela palavra “preço justo” deve ser sentido tanto por quem faz a peça quanto pelo comprador. Afinal se o valor for muito alto ninguém irá comprar e se por outro lado for baixo demais você terá prejuízo financeiro e ainda por cima o seu artesanato poderá ser visto como um produto que é feito com materiais ou técnicas de baixa qualidade.

O preço deve possuir as seguintes características:

►O preço deve ser alto o suficiente para cobrir o processo de produção e os materiais;

►O preço deve ser alto o suficiente para sobrar lucro para o artesão investir na sua arte;

►O preço deve ser o suficiente para gerar alto volume de vendas;

►O preço deve agradar tanto o vendedor quanto o comprador.

Diante disso tudo, determinar o preço parece muito complicado, mas nesse artigo eu irei simplificar todo o processo para que você possa entender todos os elementos que fazem parte do preço. O importante é entender que o preço do artesanato é a soma de pequenas partes :

Fórmula: (Material + Hora trabalhada + Despesas + Lucro) x (Fator de multiplicação)

Existem muitos custos escondidos na produção de artesanato, mas todos esses custos devem ser conhecidos e somados na hora de definir o preço do artesanato.

calculo_custos-04

Caso fique muito confuso quanto aos cálculos, baixe um e-book explicativo clicando na imagem ou aqui.

 

Cada um dos componentes será detalhado a seguir:

# Materiais

Os materiais são todos os componentes que fazem parte da peça produzida, desde um simples botão até o mais caro tecido que foi utilizado. Nenhum elemento deve ser esquecido. Você deve imaginar a sua casa ou atelier como um grande supermercado e cada “mercadoria” que você coloca na sua “cesta” tem um preço especifico que alguém deve pagar.

É importante lembrar que quando compramos os materiais nas loja nem sempre utilizamos todo o material em um único artesanato por isso é muito importante saber calcular o valor do pedaço do material que foi utilizado porque o que sobrar irá para outra peça. Deve ser feito umadivisão proporcional ao material utilizado para definir o preço do artesanato produzido.

Vou repetir porque é importante lembrar que o você deve calcular é o valor do material utilizado naquela pela específica.

No exemplo de um caderno artesanal no estilo Copta temos os seguintes materiais: Papelão cinza, papel de revestimento da capa e contra capa, as folhas do miolo, a linha da costura e a cola.

A tabela abaixo demonstra valores ilustrativos para exemplificar o cálculo:

 

clip_image002

 

# Hora trabalhada

A hora trabalhada é cada minuto da sua vida que você passa se dedicando a fazer aquele artesanato específico. Do mesmo modo que um funcionário de uma empresa é pago por hora trabalhada você também precisa mensurar o valor do seu tempo trabalhado para que você possa pagar o “funcionário de sua empresa de artesanato” que nesse caso é você. Mesmo que você só venda artesanato para ter uma renda extra você precisa definir o valor da sua hora para definir o preço correto. Mesmo que você faça artesanato por diversão, ao vender você deve cobrar pelas horas trabalhadas.

Se esse valor não for cobrado alguém vai sair perdendo nessa história e nesse caso é você.

 

calculo_custos-07

Mas como calcular esse valor?

Para calcular esse valor é bem simples. Se você não trabalha integralmente com artesanato eu recomendo calcular o valor da sua hora baseado no seu salário. Ex.: Se você ganha R$2.500 mensal e trabalha 320 horas por mês, então o valor da sua hora de trabalho é de  R$7,81.

Se você é artesão (ã) ou ainda não tem fonte de renda você deve calcular o valor de sua hora de trabalho baseado em quanto você deseja ganhar por mês. Nessa etapa é sempre bom usar do bom senso.

O valor da hora trabalhada não é estático ele pode alterar, pode não, deve ser alterado a medida que você se torna mais especialista na sua área e aprimora cade vez mais a sua técnica. Do mesmo modo que um funcionário de um empresa recebe aumento salarial a medida que aumentam os anos de experiência, você deve fazer o mesmo com o seu trabalho artesanal. Quando você faz um curso pra aprender novas técnicas,  outro curso pra melhorar a estética do seu artesanato etc. Tudo isso vai valorizar e enriquecer ainda mais o seu trabalho e isso deve ser refletido no valor de sua hora trabalhada.

Caso você tenha calculado o valor de sua hora e achou pouco a melhor forma para você aumentar esse valor é investindo em você mesmo e aprendendo o máximo que você puder aprender e com isso ampliar as suas capacidade técnica, criativas, estéticas, gerenciais etc… O seu artesanato tem que ser percebido cada vez mais como um objeto exclusivo e de alto valor percebido para que você possa cobrar mais pelo seu trabalho.

Voltando ao nosso exemplo: Para fazer um caderno artesanal no estilo Copta citado acima são gastos 40 minutos. Se a hora trabalhada for R$7,81 por hora, o custo da hora trabalhada para fazer esse caderno é de R$ 5,20.

O próximo elemento que deve ser calculado são as despesas.

 

calculo_custos-08# Despesas gerais

As despesas são todos os outros gastos relacionado ao seu artesanato que você puder imaginar (água, luz, telefone, Internet, depreciação, ônibus, gasolina, frete, embalagem etc).

Um modo fácil de visualizar essas despesas é imaginar como se tudo que tivesse na sua casa ou atelier fosse alugado e a medida que você usa cada uma das coisas para fazer uma peça o valor desse “aluguel”deve ser incluído na peça produzida. Desse modo o cliente só irá pagar pelo que foi utilizado em cada peça e você não terá prejuízo por esquecer de levar esses itens em consideração.

Por exemplo: Vamos supor que o caderno de costura Copta citado nos exemplo anteriores fosse feito durante a noite em um atelier alugado. As despesas ficariam as seguintes:

►Energia:

Conta da energia: R$120 por mês;

Horas no mês: 24horas x 31dias = 744 horas por mês;

Preço por hora: R$120/744 horas = R$0,16 por hora

Custo da energia para 1 peça: R$ 0,10

*Cada peça é feita em 40 minutos.

►Aluguel:

Valor aluguel: R$1000,00 por mês;

Horas no mês: 24h x 31dias =744 horas por mês;

Preço por hora: R$1000/744 horas = R$1,34 por hora;

Custo para 1 peça: R$0,89

*Cada peça é feita em 40 minutos.

►Sacola para presente: R$ 1,50

As despesas em princípio parecem poucas, mas quando contabilizadas nas várias peças produzidas representam um gasto considerável.

Nesse exemplo não foi contabilizado a água porque para fazer esse caderno não foi utilizado a água.

O custo de depreciação não será calculado porque as ferramentas utilizadas para essa técnica (agulha, agulhão furador e berço de furação e  gabaritos) são baratas e duram muitos anos, mas caso você utilize máquinas e ferramentas de alto valor o custo de depreciação deve ser calculado e adicionado ao artesanato para que você não tenha prejuízo.

 

calculo_custos-02# Lucro

O lucro é o valor que vai ser poupado para você poder reinvestir no seu negócio para torna-lo mais rentável seja na comprar de novas ferramentas que irão agilizar o processo ou em cursos para aprimorar os seus conhecimentos e permitir que você consiga crescer com o seu artesanato.

Geralmente a porcentagem de lucro que é adicionado as peças variam de 30% a 50%. Você pode variar de acordo com a sua estratégia de negócio.

 

# Fator de multiplicação

O preço final é multiplicado por 1.5 ou 2. Esse fator de multiplicação é o que permite você dar desconto para clientes que encomendarem em quantidade maior sem que você prejudique os seus ganhos.

Esse fator de multiplicação também serve para cobrir alguns custos direto e indireto ao seu artesanato que você tenha esquecido de contabilizar como os custos de estoque, custo que você paga para manter uma loja virtual, custos para por em vitrines etc.

O preço que é passado para o cliente é o preço adicionado desse fator de multiplicação, esse seria o preço de varejo. Mas para um cliente que faz um grande pedido você retira o fator de multiplicação gerando assim o preço de atacado.

Veja a tabela abaixo que resume todos os componentes envolvidos no preço utilizando o exemplo citado:

clip_image008

Correção: O Valor correto no preço de varejo é R$31,29 x 1.5= R$46,93 (houve um pequeno erro na digitação da tabela por isso desconsidere o valor R$30,25 e substitua por R$31,29)

É importante mencionar que as fórmulas para cálculo de preço de artesanato não são absolutas e incontestáveis, o valor resultante serve para você avaliar e trilhar caminhos com base em dados específicos. Se o preço do seu artesanato saiu muito caro, você deve avaliar quais os fatores que influenciaram para esse resultado e  o que você poderá fazer para reduzir o valor sem prejudicar você e o seu negócio.

Fonte – Arte com Papel – www.artecompapel.com


Baixe aqui seu e-book para aprender a calcular o Preço de seu Artesanato
de Forma Correta:

quinta-feira, 9 de março de 2017

Puf's e Almofadas Customizadas

Os pufs e as almofadas que podemos usar sobre o piso são peças bem confortáveis e perfeitas para aquelas reuniões informais e para os momentos de família.
Esta matéria é um trabalho repaginado de uma das primeiras postagens que foi publicada aqui na Vila. Eu separei para vocês quatro sugestões de práticas à elegantes, que os amantes da costura e criatividade vão adorar.
Todos os “passo a passo” estão bem fotografados e fáceis de entender. Confiram os links indicados.




Começamos com a sugestão do site em inglês do Design Sponge, com um modelo geométrico multicolorido num formato bem clássico para pufs de tecido. Quem tem afinidades com o patchwork, vai achar super simples. E é mesmo, vale a tentativa. Para conferir as imagens do passo a passo, acesse Design Sponge.
 


A almofada com ares de puf, toda decorada, é um charme para completar a decoração de sua sala. O passo a passo está no Prudent Baby e pode ser feito também em tamanhos bem maiores, é só adaptar as medidas.


 
Esse puf prático com pinta de almofada é perfeito para usar nas áreas de lazer da varanda e do jardim. Com alças para transportar, se forem feitas em tecido impermeável ficam ainda mais práticas. O passo a passo é do ótimo site de costuras Sew Mama Sew.
 


E pra terminar uma opção bacana que pode ser usada também como mesa para aparar uma bandeja. Em formato redondo, é o verdadeiro puf, no desenho mais tradicional. A dica aqui é rechear bem para que o peça fique mais firme. O passo a passo foi elaborado pela Susan do Living With Punks. Passem por lá pra conferir.


 
Agora é só colocar suas máquinas de costura pra trabalhar, usar de sua criatividade e fazer muito sucesso!
Copie… crie… use sua criatividade.
Abraços


Não perca sua chance de ter SUA NUMEROLOGIA especialmente elaborada para o seu perfil. Um projeto único e intransferível para toda a sua vida!
Receba a sua gratuitamente preenchendo este formulário e concorra a vários presentes da NillPublisher até o final do ano.

Capa numerologia Gill

Clique na imagem ou no botão do formulário e deixe seus dados como seu nome completo e data de nascimento, apenas isso.

Clique Aqui - 02

Visite o site da

























sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Customização Moderna

Customização - 012Customizar não é mais reaproveitar peças velhas para que deixem de aparentar os estragos do tempo. Hoje, personalizar peças de moda significa imprimir no vestuário e nos acessórios um estilo pessoal, criativo e informado.

Em um passado recente, a justificativa para interferir numa peça de roupa era porque ela já estava bem desgastada, quase caindo aos pedaços. Essa ideia não era muito bem recebida pelos jovens, pois remetia a uma mania que as avós tinham para aproveitar ao máximo uma peça tapando eventuais furos e imperfeições (remendos). E o principal motivo da frustação dos netos era porque acabava com a expectativa de poder pedir uma coisa nova. Como bem sabemos, o bacana sempre foi o novo, isso inclusive é uma das vertentes mais enraizadas no universo da moda: apenas por ser novo, subentende-se ser melhor que o antigo, por isso que irá substitui-lo. Além disso, o diferente sempre nos foi atraente, entretanto agora sua conotação mudou. O diferencial que antes era baseado em algum luxo acessível para poucos, hoje encontramos no exclusivo. E quando se fala de exclusividade, também não significa que ela seja proveniente de grifes famosas e edições especiais caríssimas. O famoso valor agregado está deslocado para algo muito mais simplista, criado até nas pequenas cooperativas de artesãos que desenvolvem produtos genuinamente diferentes. Além de tudo, ainda possibilita o reaproveitamento de matérias-primas nas suas criações.

 

Customização - 01

Por isso que hoje, interferir em objetos, para torná-los mais pessoais, vai muito além de não querer gastar dinheiro. Aliás, muitos dos consumidores que têm essa consciência teriam condições de pagar por algo novo. Mas essas pessoas preferem resgatar peças antigas e, se der vontade, até customizá-las. Nunca os brechós voltaram com tanta força. Mais do que o “último grito da moda”, queremos produtos que possuem memória e que nos contem uma história. E esqueçam aquela imagem folclórica popular da customização, hoje é tudo muito charmoso. As revistas e blogs ajudam a elevar essas técnicas a algo bem interessante. Isso inclui as doações e as trocas que estão fazendo sucesso. Ou até aplicações em peças recém-compradas já que adquirir numa loja de departamento, onde tinha mais vinte iguais à disposição, não tem muita graça. Inúmeros tutoriais ensinam como fazer daquela regata um referencial de estilo com algumas aplicações de tachas, um cinto com um elástico antigo, como transformar retalhos em broches, fazer daquele lenço uma blusa e assim por diante, a cada dia uma ideia nova para aproveitar o que se tem em casa. Assim, além de diminuir o consumo, traz aquela sensação de estar salvando o planeta e também garante um produto especial.

 

Customização - 05

Customização - 04O melhor é que essas alterações personalizadas ajudam a reforçar o estilo do dono, possibilitando por meio de colagem de strass, por exemplo, desde um desenho de caveira até de coração. Ou uma caveira de corações. Isso ajuda significativamente a ampliar as possibilidades aos que tem um gosto mais peculiar, já que, por mais que as opções estejam aí, nem sempre achamos o que gostaríamos. Ao menos não à disposição imediata nas lojas de algumas regiões. A personalização está trazendo de volta o que perdemos na industrialização – e depois houve uma superficial releitura na globalização. Agora voltamos a algo mais pessoal e artesanal.

Customização - 013

 

Customização - 010Customização - 09

 

 Esse conceito pode ser estendido ao ramo da decoração também, onde há outro universo rico para explorar, com dicas para repaginar objetos antes deixados de lado ou que iriam para o descarte. Vale lembrar que mesmo ficando com um aspecto caseiro, não significa perda de qualidade. E a procura é grande não só por uma questão sustentável, mas de exclusividade mesmo. Porque, levar pra casa só o que comprou parece quase algo ultrapassado. No mínimo tem que haver possibilidades para alterá-lo de acordo com nossa cara. Ou até mesmo fazer o seu próprio.

Então a gente deve sempre estar atento ao que queremos fazer com nossas coisas. Observando o novo do velho ou o velho do novo. Mas reciclando, criando, copiando e sempre customizando a vida e as coisas da vida.

Abraços

Nill Dumont

 


A Magia está de Volta

 

wicca-02-menor

CURSO DE INICIAÇÃO À WICCA

SAIBA MAIS AQUI

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Artesanato brasileiro no mercado internacional

ArtesanatoBrasileiro-10O artesanato é uma atividade comum à diversos povos do mundo. Mas é no Brasil que a produção tem ganhado mais destaque entre os estrangeiros.

O uso de pigmentos naturais, cestaria e cerâmica, móveis, produtos para decoração, bambuzaria, além da arte plumária e a qualidade de produtos feitos a mão, faz com que o nosso país tenha as mais ricas peças do mundo, refletindo a nossa diversidade cultural. Todo o charme e particularidade do nosso artesanato, aliado às novas oportunidade tecnológicas e a globalização, trazem o setor a um lugar de destaque na importação e no comércio mundial. Assim, este trabalho tradicional ganha um novo impulso no país, principalmente, devido aos grandes eventos da atualidade.

Com o Brasil em destaque no mundo, a realização da Copa do Mundo e a Olimpíada no Rio de Janeiro, os produtos artesanais marcados pela brasilidade só tem crescido. De acordo com a Associação Brasileira de Exportação de Artesanato (Abexa), com base em levantamento informado à instituição pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, os produtos artesanais brasileiros enviados ao exterior somaram mais de US$ 60 milhões até outubro de 2015, o que segundo o órgão é uma receita recorde.

Entre os países que compram nosso artesanato estão França, Reino Unido, Estados Unidos e Alemanha.

 

ArtesanatoBrasileiro-07

 
Vender pela internet

Para aproveitar esse ciclo positivo, os empreendedores precisam saber como vender artesanato pela internet. Existem vários caminhos, entre eles formar parcerias com outros empreendedores ou cooperativas e vender os produtos em um site coletivo ou buscar informações e criar uma estrutura para desenvolver seu próprio site. No caso da segunda opção, será tudo por sua conta, como a contratação de uma empresa para desenvolver a sua loja virtual ou comprar um modelo pronto. Também é possível alugar um sistema pré-configurado e pagar mensalmente. Dessa forma, o próprio artesão poderá atualizar o sistema, nesse caso um site de e-commerce. (Quer criar o seu site e ter uma loja gratuita? Fale comigo no e-mail ou clique aqui: nilldumont@gmail.com)

 

ArtesanatoBrasileiro-08

 
Parceiros do artesão

Se não quer começar sozinho, faça parcerias para vender seu artesanato para todo planeta com quem já está engajado no e-commerce de forma segmentada. (conheça e saiba mais no e-mail : nilldumont@gmail.com – Se deseja parcerias e colocar seus produtos no mercado, em lojas de todo o país, me envie um e-mail e vamos conversar sobre as possibilidades)

 

Conheça alguns sites que podem ser excelentes opções para alavancar seu negócio.

 

ArtesanatoBrasileiro-02

 
Elo7

É um site interessante para vender os mais variados produtos artesanais. O Elo7 é voltado aos pequenos artesões que precisam divulgar os seus produtos, mas não sabem como criar uma loja virtual ou não querem perder tempo com essa etapa do processo,

O artesão empreendedor pode criar a sua loja dentro do próprio site Elo7 e comercializar os seus produtos de forma muito simples. Mesmo que você ainda não tenha formalizado sua empresa, ainda poderá vender pelo Elo7 e receber os pagamentos no cartão de crédito ou boleto bancário utilizando o Moip e receber diretamente na sua conta bancária de pessoa física.

 
ArtesanatoBrasileiro-09
 
Solidarium

Com o slogan “Amamos tudo feito à mão”, a Solidarium é um marketplace voltado para os artesãos comercializarem os seus trabalhos com segurança e rentabilidade.

Além disso, oferece suporte ao parceiro através de chat ao vivo em tempo real e telefone para tirar todas as dúvidas durante o horário comercial das 09h00 às 18h00, de segunda a sexta-feira.

Não é cobrada taxa de cadastro, mensalidade e nem anuidade, apenas 15% de comissão sobre as vendas.

 

Alternativas
Preferindo terceirizar ou formar parcerias, o que é o caso nesse site.
 Clique Aqui - 02

 

Além dos sites temáticos citados acima, algumas alternativas são válidas, como o Mercado Livre que é considerado o maior site de leilões e vendas do Brasil. Você não terá especificamente uma loja virtual no sistema, mas poderá cadastrar seus produtos e vendê-los. Basta cadastrar cada item, enviar fotos, colocar as descrições e comercializar. Os anúncios grátis aparecem nas últimas posições das buscas e tem pouca visibilidade, por isso se optar pelos anúncios pagos terá mais sucesso.

O Olist também é uma outra alternativa. Nela pequenos e médios produtores podem vender duas produções criativas e de qualidade sem a necessidade de criar um e-commerce. Na plataforma é possível gerenciar os estoques, as vendas e a logística, além de anunciar nos maiores sites de comércio eletrônico do país. Ou seja, perfeita para conectar artesões e varejistas de forma rápida e segura.

 

ArtesanatoBrasileiro-04

 

Primeiro E-commerce SEBRAE

O programa é resultado de uma parceria entre o Mercado Livre e o SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), objetivando a criação de uma plataforma de auxílio aos pequenos negócios, oferecendo gratuitamente uma ferramenta que permite o desenvolvimento de uma loja virtual de forma simples. Conhecida também como Mercadoshops, o e-commerce possibilita o cadastro de produtos no maior site de compras do país e divulga sua loja para o público.

Apenas é cobrada uma taxa de 4,99% por cada venda realizada. É disponibilizada uma loja personalizada para a sua empresa ou seu negócio, variando de acordo com a sua marca, criando dessa forma a sua identidade visual própria.

Você conhece algum outro site interessante? Compartilhe conosco nos enviando uma mensagem pelos formulários na coluna a esquerda ou no corpo do texto.

 

ArtesanatoBrasileiro-03

 

Abraços

NillDumont


Dica do Nill

Aprenda a criar IDEOGRAMAS com esse Kit Ideogramas da NillPublisher.

Aprenda passo a passo e com ele você poderá agregar muito mais valor

aos seus trabalhos

IMPERDÍVEL - APENAS R$ 9,90

Capa-Comece-Hoje-Ideogramas-01472[2]

OU SE PREFERIR GANHE O KIT GRÁTIS AQUI:

Seja dono de seu próprio negócio!!!

O KIT SUCESSO é o que você precisa para ser seu próprio patrão e ter Prosperidade e SUCESSO!

Super Promoção de Fim de Ano.

APENAS R$ 29,00

Não perca essa chance! Faça uma visita e confira, sem compromisso:

Capa Kit Pequenos Reparos-250x

Capa Kit Pequenos Reparos-contracapa-250x

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E se você ainda não adquiriu o Kit de apostilas para aprender a criar ideogramas para seus projetos mais lindos. Aqui está sua última chance:

GRÁTIS

GANHE UM KIT IDEOGRAMA na compra de um Kit Sucesso, É inteiramente GRÁTIS na PROMOÇÃO de relançamento

DOIS KITS PARA SAIR DE QUALQUER CRISE REALIZANDO TRABALHOS INCRÍVEIS POR APENAS R$ 29,00

O Kit IDEOGRAMA é inteiramente de GRAÇA.

CLIQUE AQUI E CONFIRA:

Clique-Aqui---02128[2]

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Reciclando a Parede – Mostra da Natureza

Fundo laranja e detalhes-01Quando decidimos mudar o visual de nosso lar, são vários os detalhes que levamos em consideração, especialmente os relacionados com nossos gostos e preferências.

Nesse universo vale de tudo. Optar pelas cores, pelos formatos de móveis que iremos renovar, pelos efeitos que iremos escolher e, é claro, pelos produtos e materiais que usaremos em nossas investidas artesanais e, por que não dizer, artísticas.

Nessa postagem você tem uma oportunidade de aprender a reciclar sua parede, renovando-a com materiais de baixo custo e muito de sua criatividade.

Para inovar na decoração da parede da sala com um toque moderno, invista em um tom vibrante e na aplicação de uma massa básica. Pronto! Uma paisagem bem simples e original complementa e valoriza o ambiente.

 

Você vai precisar de:

Tinta LATEX PVA de cor laranja ou cenoura

Rolo de espuma

Duas espátulas (média e pequena)

Lápis para transferir o risco

Massa branca BRECHIATTA Van Blaster (ou uma massa acrílica que tenha em casa com um pouco de areia de aquário)

Dica – A massa Brechiatta tem areia em sua composição e facilita o efeito da textura. Como a proposta é em alto relevo deve ficar com textura grossa, quanto mais grossa mais bonita. Note que irá usar muito pouca massa nesse trabalho, portanto, se for comprar, compre uma latinha pequena, seja da Brechiatta ou da massa acrílica.

 

Como fazer:

Fundo laranja e detalhes-02

1 Pinte toda superfície escolhida sobre uma superfície já existente branca, com duas demãos de tinta laranja. Utilize o rolo de espuma. Espere secar por 12 horas.

2 Transfira o molde para a parede com auxílio do lápis. Faça a árvore e os galhos com a massa branca. (você poderá criar um desenho de sua própria autoria ou ampliar o molde do final da matéria. Note que a ampliação depende do que deseja passar, mas apenas a visualização e transferir para a parede com sua criatividade já ficará com sua marca).

3 Aplique uma camada espessa de 0,5 cm de massa com a espátula maior para os veios da árvore, contornando os riscos da mesma. Espere secar por 1 hora.

 

Fundo laranja e detalhes-03

4 Faça as pétalas com o mesmo procedimento e a espátula menor.

5 Componha o detalhe da pétala caindo com a massa e a espátula.

 

Pronto! agora você tem uma nova parede em sua sala ou em qualquer lugar que imaginar em seu lar. A técnica é a mesma para qualquer parede, desde que esta esteja lisa, pintada de branco e limpa.

Fundo laranja e detalhes-01

Decore sua casa, seu escritório, seu consultório, o hall de entrada, corredores… etc. Onde você colocar sua criatividade e sua vibração tudo ficará muito mais bonito!

Se você gostou desse trabalho para reciclar e inovar sua casa ou qualquer lugar que desejar, mas não quer colocar a mão na massa, entre em contato com a gente que poderemos fazer para você, com profissionais experientes e com carteira da ABRAFAT que nos habilita a entrar em seu lar com toda a segurança de ter um profissional responsável.

Entre em contato pelo formulário abaixo e faça um orçamento on line. Você verá que ter sua casa mais bonita e muito moderna sai muito mais barato do que pensa.

Logo - WorkMan & BamBooZeira-Contorno-01

Abraços

NillDumont

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Reciclando na Vida e na Moda

Sempre na moda-01Me surpreendo a cada dia, quando pesquiso ou recebo aqui e nos blogs, diferenciados trabalhos elaborados com produtos recicláveis. Em pouco tempo, com a ajuda de tesoura, serras, pincéis e tintas e usando da criatividade inovadora, produtos que seriam descartados se transformam em novos objetos para novos usos.

É aí que penso: será que não podemos fazer o mesmo em nossas vidas? Transformar nossos desejos em realidades ou apenas criar ferramentas para trabalhar sobre nossos anseios? Controlar a mágoa, o ressentimento, a angústia ou simplesmente transformá-los em algo sem importância? Querer _ de verdade _ nos desprender de pequenas ambições e preocupações? Sei que não é fácil, mas, vale a pena.

Acho que, dessa maneira, ficamos mais leves. Com uma sensação de missão cumprida. Lógico que podemos nos sentir bobos, com o coração mole. Não há problema algum nisso, desde que tudo seja de sua vontade. O importante é abrir um sorriso no final. É como se fosse um prêmio ou um elogio às nossas boas atitudes e intenções.

O que vale mesmo é transformar o que queremos _ e o que temos _ em coisas boas com apenas um único intuito: sermos felizes.

É o que desejo a todos que estão lendo este artigo. Além, é claro de muito carinho, amor e alegria em todos os dias. Esteja sempre disposto a modificar tudo o que achar necessário para ser feliz. Não é fácil, mas vale a pena. E como vale. Pode acreditar!

E vamos ao passo a passo de hoje:

 

Você vai precisar de

Quadrado em pet transparente medindo 7 x 7 cm (recortado de qualquer garrafa PET)

2 tiras em couro marrom medindo 40 cm de comprimento

2 tiras de couro medindo 15 cm

Pingentes em metal com formas variadas

1/2 litro de café usado

Cola branca

Tesoura

Pincel nº 12

Pirógrafo (se não tiver, use um prego quente)

Alicate de ponta torta

 

Passo a Passo

 

Sempre na moda-02

1- Com um pincel, aplique cola branco sobre o quadrado de PET. Sobreponha o filtro de café e passe os dedos delicadamente sobre ele.

2- Vire o quadrado e aplique cola branca no outro lado, dobre o filtro para encapá-lo.

3- Com o pincel, aplique uma pequena quantidade de cola nas pontas do filtro. Em seguida, de uma demão de cola branca nos dois lados do quadrado pronto. Aguarde secagem de 30 minutos em cada lado.

 

Sempre na moda-03

4- Com o pirógrafo (ou prego quente) em temperatura baixa, faça um furo de 1 cm de diâmetro em duas pontas diagonais do quadrado.

5- Junte as quatro pontas das duas tiras menores de couro.

6- Passe as pontas por um dos orifícios do quadrado, deixando uma sobra de 4 cm em forma de arco. Volte os fios por esse espaço.

 

Sempre na moda-04

7- Puxe os fios delicadamente até deixar o nó bem firma.

8- Repita os passos 6 e 7 com os fios de 15 cm no outro orifício. Com a ajuda da tesoura, deixe um fio de cada tamanho.

9- Passe a argola do pingente em volta dos cordões menores. Aperte-a com o alicate deixando apenas uma pequena abertura. Encaixe um pingente em cada argola e aperte-as bem com o alicate.

E está pronto seu colar super transado e na moda.

É uma bijuteria leve e moderna, de rápida execução e barata em sua confecção. Poucas pessoas vão desconfiar que ela foi feita de garrafa pet e filtro de café.

 

Sempre na moda-01

Abraços

NillDumont


Aprenda a criar IDEOGRAMAS com esse Kit Ideogramas da NillPublisher.

Aprenda passo a passo e com ele você poderá agregar muito mais valor

aos seus trabalhos

IMPERDÍVEL - APENAS R$ 9,90

 Capa-Comece-Hoje-Ideogramas-0147

 

OU SE PREFERIR GANHE O KIT GRÁTIS AQUI:

Seja dono de seu próprio negócio!!!

O KIT SUCESSO é o que você precisa para ser seu próprio patrão e ter Prosperidade e SUCESSO!

Super Promoção de Fim de Ano.

APENAS R$ 29,00

Não perca essa chance! Faça uma visita e confira, sem compromisso:

Capa-Kit-Pequenos-Reparos-250x78Capa-Kit-Pequenos-Reparos-contracapa

E se você ainda não adquiriu o Kit de apostilas para aprender a criar ideogramas para seus projetos mais lindos. Aqui está sua última chance:

GRÁTIS

GANHE UM KIT IDEOGRAMA na compra de um Kit Sucesso, É inteiramente GRÁTIS na PROMOÇÃO de relançamento

DOIS KITS PARA SAIR DE QUALQUER CRISE REALIZANDO TRABALHOS INCRÍVEIS POR APENAS R$ 29,00

O Kit IDEOGRAMA é inteiramente de GRAÇA.

CLIQUE AQUI E CONFIRA:

Clique-Aqui---0212